•  

ANA DUPAS
http://jardimequatorial.info/artistas/ana-dupas/

Nasceu em 1982 em São Paulo, vive e trabalha em São Paulo.
Trabalha como dançarina, performer e educadora há cerca de 10 anos, associada a companhias ou em colaborações com outros artistas.
Trabalhou em diversos projetos pedagógicos e educacionais sempre ligados às artes.
Entende arte como expansão perceptiva e sensorial e que trabalhar com arte hoje é produzir urgentemente maneiras de ativar o corpo crítico e o corpo político.
Desde 2011, desenvolve seu trabalho artístico através do COMO Clube, plataforma, estúdio e residência, encubadora de projetos e de pesquisas artísticas de diferentes áreas, e para encontros diversos, localizado no Edifício Esther - Pça da República, SP.

FORMAÇÃO ACADÊMICA
2001–2006 Escola de Comunicação e Artes - Universidade de São Paulo
Licenciatura em Educação Artística com Habilitação em Artes Plásticas.
Estágios em Associação Videobrasil, Associação Morungaba, Escola Vera Cruz, Escola Viva e EMEF Amorim Lima.
Experiência de coordenação de Formação de Público* foi assunto do TFG defendido com banca de graduação que contou com a presença de Maria Tendlau e Christina Rizzi.

FORMAÇÃO LIVRE
2001–2007 Estúdio Nova Dança - São Paulo
– durante 6 anos frequentou o Estúdio fazendo cursos regulares de técnica em improvisação, composição e jogos cênicos para dança e teatro, clown, Contato Improvisação e estudos somáticos do movimento, assim como participando de jam sessions, grupos de estudo e dando aulas de Contato Improvisação.
outros cursos e workshops:
2012 a.pass - Bruxelas – Vladimir Miller and Elke Van Campenhout, "Feedback and critique" (workshop) // 2010 Impulstanz Festival - Vienna – Xavier Le Roy and Mårten Spånberg, "Coaching Project" // Archie Burnett, Voguing (workshop) // Råsmus Ölme – "Questioning choreography" (workshop) // 2008 Festival Dança em Foco/ SESC - São Paulo – Otavio Iturbe, "Video Dança" (workshop) // 2008 Centro Cultural São Paulo - São Paulo – Haystein – HipHop (curso regular) // Miriam Druwe – Dança Contemporânea (curso regular) // 2006, 2007, 2010 SESC - São Paulo – Alejandro Ahmed, "Percepção Física" (workshops) // 2006 Estúdio Nova Dança - São Paulo – Steve Paxton, "Material for the Spine" (workshop) // Nancy Stark Smith e Mike Vargas, "The Underscore" (workshop) // 2006 SESC - São Paulo – Denise Namura, "Teatro Físico" (workshop) // 2004-2006 - Sala Crisantempo - São Paulo – Zélia Monteiro, Dança Clássica (curso regular) // 2002 PUC - São Paulo – Rose Akras. Body Mind Centering (workshop).
EXPERIÊNCIAS ARTÍSTICAS E PROFISSIONAIS

2011–2013 Residência artística Jardim Equatorial, com 10 artistas de diferentes áreas, criando um campo experimental de prática e pesquisa em performance, no COMO Clube. Coordenado pela coreógrafa Thelma Bonavita, o projeto Jardim Equatorial tem apoio do XII Programa de Fomento à Dança/ SMC, São Paulo. www.jardimequatorial.info
Em 2012, desenvolveu e apresentou os seguintes trabalhos em colaboração e como resultado da residência Jardim Equatorial, em diferentes equipamentos culturais de SP:
- Encontros para produzir instruções performáticas, coordenados por Ana Dupas e Thelma Bonavita, com a participação de artistas do Jardim Equatorial e aberto ao público do Instituto Tomie Ohtake. Os encontros fizeram parte da programação da exposição "os primeiros 10 anos", realizada pelo Núcleo de Curadoria do Instituto.

- Seja artista Jardim Equatorial – performance baseada em jogos e experimentos que convidavam o público a "ser artista" do Jardim Equatorial. Criada e realizada pelos artistas da residência Jardim Equatorial no SESC Ipiranga.
- Fervo – performance baseada em jogos, experimentos e instruções criada e realizada pelos artistas da residência Jardim Equatorial, para o programa "Encontros de Coletivos" do SESC Santo Amaro.

2010–2011 Arqueologia do Futuro – Projeto de pesquisa e documentação de ferramentas de criação e instruções para dança e performance, coordenado pela plataforma DESABA (Cristian Duarte e Thelma Bonavita) e realizado em colaboração com os artistas Ana Dupas, Bruno Freire, Clarice Lima, Daniel Fagundes, Júlia Rocha e Leandro Berton. Desenvolvido com o subsídio do VIII Fomento à Dança/ SMC, São Paulo e teve publicadas 1000 cópias do livro-caderno-catálogo resultado da pesquisa.

2009–2010 Branco - Peça de dança contemporânea realizada em parceria com Lua Tatit, a artista visual Edith Derdik e o músico Dudu Tsuda, para o o contexto do 14o Cultura Inglesa. Apresentada em maio de 2010 no CBB - Duke of York Auditorium/ São Paulo.

2009–2010 Transformers – Projeto de pesquisa de Thelma Bonavita realizado em colaboração com um agregado de artistas: Ana Dupas, Bruno Freire, Cristian Duarte, Daniel Fagundes e Julia Rocha, fez parte do programa RUMOS Dança - Itaú Cultural 2010, e teve apresentação pública do processo em maio de 2010 no Centro Cultural São Paulo - Sala Adoniran Barbosa.

2009 Projeto Dança Vocacional (SMC de São Paulo): trabalhou como artista-orientadora, atuando na área do Jardim Romano, Zona Leste de São Paulo (CEU Três Pontes).
2009 We are not superficial, we love penetration, colaboração na recriação do trabalho, de Thiago Granato, iniciado no EX.E.R.CE 08 (Centre Coreographique Nacional de Montpellier) e apresentado no SESC Av. Paulista em junho de 2009.

2008–2010 Glórias de Empréstimo – Cena 2 - montagem na qual trabalhou como intérprete-criadora, com a diretora Patrícia Noronha. Teve o subsídio do VI Programa de Fomento à Dança/ SMC - São Paulo e foi apresentada em abril de 2010 na sede da Cia. Panapana, em São Paulo.

2008–2009 Lovers from Là-bas – Performance musical criada em colaboração com Natalia Mallo e Thelma Bonavita e apresentada em agosto de 2009 no MIP – Manifestação Internacional de Performance/ Belo Horizonte e em novembro do mesmo ano no EIPA Festival, Teatro Denoy de Oliveira/ São Paulo.

2008–2009 Pipipi – Projeto de investigação e pesquisa de intervenção e performances interativas, realizado em colaboração com o PIU, coletivo de artistas interessados em pequenas intervenções urbanas. O projeto foi contemplado pelo prêmio Interações Estéticas da Funarte (2009) e gerou uma residência artística de 6 meses no Ponto de Cultura da UMES, no bairro do Bixiga, São Paulo, com a participação de jovens estudantes, professores da rede pública e outros artistas e pensadores convidados.

2008-2009 Cia. Beneditas de Dança: trabalhou como intérprete-criadora, dirigida por Lívia Seixas, apresentando a peça OU, no 17ª o feminino na dança - Centro Cultural São Paulo (2008); ABC Dança festival, em Santo André/ São Bernardo do Campo – SP; e 2º Lugar Nômade Dança, São Paulo-SP (2009).

2008 Residência artística do projeto DESABA, organizada por Cristian Duarte e Thelma Bonavita no CED – Centro de Estudos da Dança, Caieiras – SP, através do IV Fomento à Dança – SMC/ São Paulo.

2007 Projeto Real Beleza do Instituto Sidarta: trabalhou como artista-orientadora atuando em escolas estaduais de ensino médio em Itapevi – SP.

2004–2007 Silenciosas, cia. de dança dirigida por Diogo Granato: trabalhou como intérprete-criadora, e teve parte na criação e performance das primeiras peças:
Inconsistente Coletivo, apresentada no Estudio Nova Dança em 2004;
Silenciosas, apresentada na “Mostra Primavera Dança" do Teatro Fábrica São Paulo em 2005 e no SESC Santo André em 2006;
".. ou a desestrutura no desenvolvimento de uma cosmologia", apresentada na Galeria Olido em 2006.

* 2005–2007 Projetos de Formação de Público "Multiplicando o público, potencializando o teatro" e "Humor político e popular", realizados respectivamente em 12 CEUs e 12 escolas estaduais da cidade de São Paulo, com o suporte dos Programas de Fomento ao Teatro de 2005 e de 2007: desenvolvidos e coordenados para crianças e adolescentes, a convite e em parceria com o grupo de teatro IVO60.

ø
ø
ø
ø
ø

mavi with Indexhibit